Projecto Participativo

Artefactos-Pictográficos Politécnicos

“Artefactos-Pictográficos Politécnicos” é o título proposto da iniciativa que culminará na construção de um conjunto escultórico, composto por um mínimo de cinco módulos – representando simultaneamente o Instituto e cada uma das Escolas do Politécnico de Viseu.
Será realizado em conjunto com a comunidade do PV (estudantes, docentes, funcionários e colaboradores) e implantado em local a acordar. A escultura monumental destina-se a marcar os 40 anos da Instituição e a possibilitar a aplicação de técnicas, procedimentos e competências pessoais, ou apreendidos pelos estudantes do PV, apresentando possibilidades de adequação transversal e trans-sectorial dos conhecimentos adquiridos.
A linguagem utilizada radica na linguagem dos Elementos-Pictográficos (João Dias) de que existem exemplares em Viseu, Tondela e São Francisco (E.U.A).
É uma iniciativa de arte participada em que cada um dos módulos (conceção e construção) bem como a forma final serão fruto de um processo colaborativo tendente à criação de um novo elemento simbólico. O processo colaborativo está aberto à participação, através de uma Call a interessados (num formato de Workshop dinâmico), para que integrem as sessões de discussão e desenvolvimento da proposta, bem como – caso o desejem – participem no processo de execução.
Esta é uma iniciativa que decorre ao abrigo do Programa de Apoios Especiais do PV – Call 4 Projectos “Fora de Competição.

COORDENAÇÃO E DIREÇÃO ARTÍSTICA
João Dias

CONTACTO
info@joaodias.studio

Proposta virtual da linguagem artística e potencial resultado final a atingir.

Inscrição


[Ao preencher o formulário, os interessados/participantes aceitam que os dados partilhados são tratados para os fins anunciados (inscrição e contacto) do Workshop indicado, salvaguardando-se que não serão partilhados ou utilizados para outros fins.]

A participação no processo de criação e execução, decorrerá a partir de Junho e até Setembro, sendo que as datas concretas das sessões serão indicadas após as inscrições e em consonância com os participantes.

Os objetivos essenciais da Call são:
– Conhecer de modo direto a prática de um artista plástico com obras presentes em Portugal e no estrangeiro, quer ao nível da Arte Pública, quer ao nível de coleções de pequeno formato.
– Participar e adquirir conhecimentos sobre o processo de conceção e execução de uma obra de Arte em Espaço Público (desde a  calendarização à concretização e implantação no local final).
– Ser parte integrante do processo de elaboração de uma obra de Arte em Espaço Público.

O número de inscrições está limitado a 10 participantes. Havendo um número superior de inscrições, a seleção dos participantes será realizada pelo Coordenador.